Sugestões para Lua de Mel no Brasil

Feliz 2015! Depois das festas de fim de ano e merecidas férias espero ter posts mais regulares!!! 😀

No último post de 2014 falei um pouco sobre o Nannai e a minha lua de mel.

Hoje separei outros destinos para uma lua de mel dos sonhos sem precisar sair do Brasil, ainda mais com esse dólar nas alturas!!! Optei por esses hotéis com base em comentários de clientes, assim como algumas pesquisas e as avaliações no Trip Advisor. Aliás, fica a dica de uma fonte confiável de pesquisa para analisar o hotel e outros serviços de um destino turístico, pois no Trip Advisor (www.tripadvisor.com.br) quem avalia é o turista que se hospedou no hotel e comenta sobre a sua experiência.

Acredito que um destino ideal para lua de mel precisa ter tranquilidade, exclusividade e romantismo para que o casal possa desfrutar desse momento a dois. Algumas pousadas que tem essas características são as incluídas na Associação Roteiros de Charme (www.roteirosdecharme.com.br), entidade que reúne 65 meios de hospedagem do Brasil que aliam princípios de qualidade, ética e responsabilidade social com o “charme” característico de cada uma.

Entre elas, destaco o Hotel Quinta do Bucanero, localizado na Praia do Rosa, em Imbituba-SC, o hotel de charme tem apenas 10 apartamentos, 2 suítes e uma vivência especial dedicada a casais em lua de mel ou comemorando aniversário de casamento. Visitem o site, é lindo! (www.bucanero.com.br).

Bucanero

Fonte: site do hotel.

Outro hotel que destaco na região Sul do país é a Estalagem St Hubertus. O hotel está localizado em Gramado-RS e tem vista para um dos pontos mais famosos da região, o Lago Negro, além disso, foi premiado pelo site Trip Advisor como o hotel mais romântico do Brasil e um dos melhores do mundo. A arquitetura em estilo europeu e o chá da tarde incluso na diária são alguns dos diferenciais (www.sthubertus.com).

hubertus

Fonte: site do hotel.

Já se a preferência é por um destino de praia no Nordeste, acho que vale apostar em pequenas vilas como Jericoacoara-CE, Arraial D´Ajuda-BA ou Praia da Pipa-RN onde está localizada a Pousada Toca da Coruja. Com 28 bangalôs exclusivos, o hotel leva o hóspede a uma imersão com a natureza, proporcionando exclusividade e privacidade (www.tocadacoruja.com.br).

coruja

Fonte: site do hotel.

Bem que poderia, mas o post não é patrocinado ok? São apenas sugestões minhas!! 😉

Outros hotéis que valem uma espiada:

– Orixás Art Hotel – Flecheiras-CE (http://orixashotel.com.br/)

– Pousada Jeribá – Jericoacoara-CE (http://www.jeriba.com.br/)

– Pousada Estrela D´Agua – Trancoso-BA  (http://estreladagua.com.br/?lang=en)

– Pousada Teju-Açu – Fernando de Noronha-PE (http://www.pousadateju.com.br/)

Lua de Mel no Nannai

Voltei depois de um tempão sem postar! Sabe como é, final de ano, muitos compromissos e cansaço para chegar em casa, sentar e escrever alguma coisa! Mas vou colocar como meta de 2015 ter posts regulares! 😉

Para aqueles que estão planejando o casamento para 2015 separei alguns destinos no Brasil com cara de lua de mel e vou postar sobre eles separadamente! Alguns destinos eu já fui ou já vendi, outros ouvi falar e são famosos pela beleza, qualidade, opções de lazer e descanso entre outras características.

Começo pela minha própria experiência de lua de mel. Passamos 8 dias em Porto de Galinhas, sendo 2 noites no Nannai Resort & SPA, 4 noites na Pousada Tabapitanga e a última noite em Recife.

praia3

Vista aérea do Nannai – Foto retirada do site

O Nannai é sem dúvida uma das melhores opções de lua de mel, muito recomendada por nós. O resort está localizado na praia de Muro Alto, que por si só já encanta, pois é uma praia a beira de coqueirais e com arrecifes de corais que formam uma lindíssima piscina natural. Além disso, o Nannai tem uma estrutura horizontal, formada de prédio com apartamentos (luxo e super luxo) e três categorias de bangalôs, dando total privacidade ao casal e lembrando muito as imagens que temos da Polinésia.

aptos nannai

Apartamento e bangalô.

Logo na chegada os hóspedes são recebidos com espumante e castanhas de caju, tornando o check in um processo muito saboroso. Um dos diferencias do Nannai comparado a outros resorts é o atendimento e qualidade dos serviços. O resort atua com serviço de meia pensão – café da manhã e jantar – mas também oferece alguns petiscos à beira da piscina na hora do almoço e um chá da tarde na área externa do hotel ao pôr-do-sol, com direito a tapioca e sucos naturais.

DSCF0011alt

Também considero como diferencial a exclusividade e a privacidade, pois em boa parte do ano as áreas de lazer e restaurantes não possuem tantas pessoas e principalmente crianças comparado a outros resorts proporcionando tranquilidade aos recém-casados.

Enfim, é impossível descrever toda a experiência nesse paraíso!

nannai2

Programe-se: 2015 será o ano dos feriados prolongados!

Não vai ter desculpa pra não viajar no ano que vem, pelas minhas contas serão 9 feriados prolongados, além de um feriado municipal. Então por que já não programar aquela viagem? Para quem quer ir de avião, é essencial comprar com antecedência para conseguir bons preços, além disso, como costumam ter 100% de ocupação, os hotéis também precisam reservados um bom tempo antes. Então selecionei alguns destinos ideais pra quem quer aproveitar os feriados e viajar em poucos dias, nos feriados do primeiro semestre.

O Carnaval será só em fevereiro, mas já é hora de fazer suas reservas! Salvador e Rio de Janeiro são os destinos mais procurados, mas também há ótimas festas em Recife/Olinda, em São Paulo e no litoral catarinense. A vantagem em optar por lugares mais próximos é que você pode ir de carro e economizar na passagem aérea.

na-terca-feira-de-carnaval-os-principais-bonecos-gigantes-de-olinda-percorrem-as-ladeiras-do-sitio-historico-passarinho-pref-olinda

Bonecos de Olinda

O mês de Abril terá dois feriados muito bons, além da Páscoa, o feriado de Tiradentes, dia 21 de abril, cairá em uma terça-feira o que possibilita para muitos “enforcar” a segunda-feira e aproveitar 4 dias de folga. Essa época de meia estação, é ótima para visitar Foz do Iguaçu, por exemplo – como já dediquei alguns posts especiais – já que não está mais tão quente, além das praias do Nordeste, caso você possa sair da sexta-feira e aproveitar ainda mais dias de descanso.

Para os feriados de 1º de maio e Corpus Christi em 04/06, sugiro curtir o friozinho de início de inverno na Serra Catarinense caso opte por ir de carro, ou na Serra Gaúcha onde embora alguns optem por ir de carro, também é possível pegar um voo até Porto Alegre. Outra opção é dar um pulo em Buenos Aires, já que há voos diretos saindo de diversas capitais do país, como Curitiba e Florianópolis.

BUENOS-AIRES1

Buenos Aires

Então não perca tempo, vá se programando e compre com antecedência, conseguindo preços melhores e mais opções para aproveitar muito mais a sua viagem. Caso queira mais dicas, me procure, temos fornecedores com pacotes muito legais! 😉

Que tal conhecer o Brasil?

O dólar está alto e pelo o que tudo indica continuará assim pelo menos até o final do ano, tornando mais caras as viagens ao exterior. Mas sabe que é uma boa oportunidade de conhecer o Brasil? Por isso decidi fazer postagens sobre minhas viagens pelo país, pra dar aquela vontade de colocar o pé na estrada e de desbravar Brasil afora! 😉

Há 4 anos estive em Minas Gerais, minha primeira viagem trabalhando na agência. O famtour foi organizado pela MGM Operadora, voamos na época com a TRIP (que hoje já não existe mais e foi comprada pela AZUL) e fizemos um roteiro de 5 dias pelas cidades históricas do estado. Peço desculpas pelas fotos que na época foram tiradas com uma das primeiras câmeras digitais existentes no mercado e a qualidade não está das melhores.

Confesso que sabia muito pouco sobre o estado e não seria um destino que estaria na minha lista para conhecer. Mas Minas me surpreendeu muito! Começando pelo povo mineiro que é simples, muito simpático, acolhedor e tem um sotaque muito gostoso. Falando em gostoso, outra coisa que me impressionou foi a gastronomia, que apesar de ter pratos bastante pesados e gordurosos são bem temperados e deliciosos, e ainda conta com uma variedade enorme de doces além do pão de queijo, minha paixão!

O voo chegou atrasado em Belo Horizonte o que fez com que tivéssemos que nos apressar a fazer o city tour conforme foi programado. Pela maioria dos atrativos passamos apenas de ônibus por conta do tempo, mas fizemos uma parada na região da Pampulha, onde está localizada a Lagoa de mesmo nome, cartão postal da cidade. Na região há um conjunto de construções de Oscar Niemeyer, que interage a paisagem à arquitetura, com a Igreja de São Francisco, o Museu de Arte Moderna e a Casa do Baile, obras criadas a pedido do então prefeito Juscelino Kubitschek. Além da arquitetura, destacam-se a pintura e azulejos de Cândido Portinari, o painel de Paulo Werneck e o paisagismo de Roberto Burle Marx, além de obras de outros artistas. Hoje todo o espaço ao redor da lagoa é usado para caminhadas, ciclismo, além de eventos com queima de fogos no Réveillon.

Minas Gerais 010

Vista de um dos lados da Igreja São Francisco de Assis.

No dia seguinte saímos cedo em direção às cidades históricas. Começamos por Congonhas do Campo, cidade localizada a 70 km de Belo Horizonte e conhecida pelas obras de Aleijadinho, esculturas de pedras sabão que estão no Santuário do Bom Jesus de Matosinhos. Após a visita ao Santuário partimos para nossa próxima parada, a cidade de São João Del Rei, distante cerca de 100km de Congonhas.

minas

São João Del Rei é uma cidade universitária, foi onde nasceu o ex-presidente Tancredo Neves e é bastante conhecida pela diversidade de linhas arquitetônicas em sua parte histórica, protegida e separada do restante da cidade. Depois de algumas visitas pegamos o trem turístico que percorre 12km até Tiradentes, margeando o Rio das Mortes e com vista para a Serra de São José. O trem é simples e a viagem é rápida, cerca de 40 minutos observando também a Estrada Real.

Minas Gerais 070

Tiradentes é um caso a parte. Fiquei totalmente apaixonada pela cidade! Pena que não tenho muitas fotos pra expor a beleza natural e cultural, o cuidado das casas e ruas com pedras  originais e onde não é possível passar com ônibus e caminhões. A cidade tem um dos conjuntos arquitetônicos mais preservados do Brasil, principalmente do Ciclo do Ouro e da Inconfidência Mineira, liderado por Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, que deu nome à cidade.

Minas Gerais 065

Em Tiradentes pudemos conhecer diversas pousadas, todas muito bonitas e com seu charme particular, sendo que a maioria valorizando a arquitetura e culinária mineiras. Como indicação, destaco o Hotel Solar da Ponte que faz parte da associação “Roteiros de Charme” (http://www.roteirosdecharme.com.br/) e a Pousada Mãe D´Agua, mais simples porém muito bonitinha, onde nos hospedamos. Também destaco a Pousada Pequena Tiradentes, a pousada em estilo boutique vale a visita não só pela linda estrutura de hospedagem, mas também pela imensa loja de artesanato anexa.

Também tivemos oportunidade de visitar Ouro Preto e Mariana, a uma distância de 22 km entre elas. Mariana foi a primeira vila, cidade e capital do estado de Minas Gerais, é uma cidade pequena e pode ser visitada em meio dia.  Já Ouro Preto é uma cidade maior e bastante conhecida por suas universidades, tem a economia baseada no turismo focado na arquitetura e importância histórica. Achei muito linda também, mas como as ruas são pequenas e não podem receber veículos pesados, muitos dos trechos são feitos a pé, então não aconselho para pessoas mais velhas e com alguma dificuldade de locomoção, nesse caso o ideal seria alugar um carro.

Minas Gerais 090

Vista de Ouro Preto

Uma viagem pra Minas não é barata e fácil de fazer logisticamente. As cidades são distantes entre si e do principal aeroporto que é o da capital Belo Horizonte. Assim, aconselhamos aproveitar o estado em pelo menos 7 dias, alugando um carro no aeroporto para ter a liberdade de percorrer as cidades e a paisagem e devolvendo-o no momento do retorno. Por outro lado, o que costuma ser mais caro porém mais organizado é contratar uma empresa com roteiro pelas cidades históricas, facilitando a locomoção e acesso às informações históricas. Nesse ponto, existe o Instituto Estrada Real (http://www.institutoestradareal.com.br/), a maior rota turística do país, muito bem organizada e que valoriza os atrativos, a história e cultura de Minas Gerais, passa no site deles, que eu tenho certeza que vai dar vontade de conhecer esse estado maravilhoso!

 

 

Cumbuco das Emoções!

A praia de Cumbuco está localizada 30km a oeste de Fortaleza e é uma das mais próximas do centro, por isso é um passeio feito geralmente com o city tour. A praia é considerada reduto do kitesurf pois é favorecida pelo vento intenso e é bastante conhecida por suas dunas de areia.

IMG_3034

Praia de Cumbuco

Em Cumbuco o principal opcional é o passeio de buggy. O passeio é organizado pela Associação dos Bugueiros e você pode optar pelo passeio sem ou com emoção, o qual optamos por fazer e foi uma experiência maravilhosa! Além disso, é preciso optar pelo passeio curto (cerca de 1h30min) ou o longo (cerca de 2hrs). O passeio custa R$200,00 para 4 pessoas para o trecho curto e R$260,00 para o trecho longo, mas considerando a diferença de apenas R$15,00 por pessoa vale a pena fazer o longo.  O que os diferencia é que o passeio longo passa por um trecho mais recente, próximo ao Hotel Vila Galé Cumbuco e tem parada na Lagoa do Cauípe onde há aulas de kitesurf. Como comentei no post de Canoa Quebrada, considero fundamental fazer os opcionais oferecidos porque na maioria das vezes é onde se tem a oportunidade de conhecer de fato a beleza da região, e nesse caso não foi diferente.

DSC_0240

O passeio passa por várias dunas e tem uma parada no skibunda que custa R$15,00 e pode descer quantas vezes quiser, e aguentar, pois não é fácil subir a ladeira no retorno, eu só aguentei subir 2x! Logo depois, a parada é um local onde é possível fazer tirolesa ou escorregar até a lagoa, achei a infraestrutura um pouco suspeita por isso não fiz essa atividade. Depois de muitas subidas e descidas paramos na Lagoa do Cauípe para tomar banho de água doce e tirar a areia do corpo!

montagem

Opcionais de Cumbuco.

Na praia de Cumbuco também há outros opcionais: passeio de jangada – mas por conta do mar mais agitado quase não é possível fazer; massagem relaxante; passeio de quadriciclo e de cavalo (esses dois últimos não são indicados pelos guias por serem perigosos e sem regulamentação).

DSC_0254

Lagoa do Cauípe onde há aulas de Kitesurf.

Na barraca de praia que ficamos havia infraestrutura de sanitários, guarda-volumes, restaurante e piscina, o espaço era gostoso e com bom atendimento, porém achamos os pratos caros comparados aos restaurantes da orla de Fortaleza.

A praia de Cumbuco é lindíssima, reserve um dia inteiro para esse passeio, procure uma barraca de praia e aproveite a paisagem e o calor cearense!

DSC_0262

Seguro viagem: é mesmo necessário?

Imagine que você está em um país desconhecido, falando uma língua que não é a sua, com costumes, clima e comida diferentes dos seus. Imagine ganhar uma dor de barriga, dor de dente, perder o passaporte ou coisa pior, já pensou? Pode ser desastroso e caro, uma vez que as despesas sairão em moeda local já que muitos países só atendem turistas de forma particular, além disso, a maioria dos seguros ainda auxilia na localização de bagagem perdida, cobre um valor determinado em caso de extravio e também tem auxílio jurídico, então acho que vale a pena né?

A gente nunca espera usar o seguro, mas vale pesar se ele realmente não será necessário. No caso dos países membros da União Européia ( Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça. Quatro novos integrantes permanecem em fase de implementação: Liechtenstein, Bulgária, Romênia e Chipre.), o Tratado de Schengen determina a obrigatoriedade da contratação de uma Assistência Seguro Viagem que contenha cobertura mínima de € 30.000 para garantir a execução do auxílio médico em caso de doença ou acidente, valor estipulado por atender todos os países pertencentes ao tratado.

Outros países que exigem a assistência:

  • Cuba: cobertura mínima de U$ 10.000,00 para assistência médica.• Venezuela: cobertura mínima de U$ 40.000,00 para assistência médica e repatriação médica e funerária.

    • Austrália: exige assistência em viagem, mas não estipula um valor mínimo de cobertura.

Além disso, existem coberturas menores para países que não tem essa obrigatoriedade e com valores maiores que cubram, por exemplo, internação, passagem de retorno e outros pontos importantes. Deve-se prestar atenção também nas coberturas para esportes radicais,  por exemplo, no caso de viajar para esquiar (e quais esportes estão cobertos), como também para doenças pré-existentes que costumam ser menores em relação ao montante global. Também há coberturas diferenciadas para crianças, gestantes e idosos.

O seguro pode ser adquirido em agências de viagens e caso você tenha comprado a passagem aérea com cartão de crédito, algumas operadoras de cartões fornecem o seguro gratuitamente.

Fica a dica! Faça o seguro e viaje despreocupado!!!

Canoa Quebrada – Cenário de Filme!

As 06h30min eu já estava em pé para visitar Canoa Quebrada. A praia fica distante cerca de 2 horas de Fortaleza, e como amanhece as 5hrs e escurece por volta de 17hrs precisávamos aproveitar ao máximo a luz do dia!

A praia está localizada no município de Aracati e é facilmente reconhecida pelo símbolo esculpido em suas falésias, a Lua e a Estrela. O povoado foi descoberto nos anos 70 pelos hippies e ficou famosa pela gravação do filme Bella Dona, em 1997, de Bruno Barreto, o que a população local tem orgulho de ressaltar, além de ter sido cenário de novelas como Malhação.

DSC_0029

Símbolo de Canoa Quebrada.

Por conta dessa fama, o povoado criou a Broadway cearense, rua cercada pelo comércio local, caracterizando a entrada da vila. Logo na chegada somos levados de buggy até a falésia onde dá acesso às escadas para os bares de praia. Infelizmente o acesso é restrito, apenas por escadas e não recomendado para pessoas com dificuldade de locomoção ou muito idosas, naquele dia até presenciamos um senhor que teve embolia pulmonar tendo muita dificuldade em descer as escadas (imagina subir!).

DSC_0127

Broadway cearense.

Descendo as falésias há algumas barracas de praia com estrutura de restaurantes, sanitários e lojas onde são oferecidos os passeios opcionais para aproveitar e conhecer ao máximo as belezas naturais da praia. Acho que quando você opta por viajar e conhecer um destino deve aproveitar ao máximo visto que não sabe quando terá novamente a oportunidade de estar lá. Por isso procuro fazer todos os opcionais que tenho vontade, pois é a chance de conhecer o lugar por completo, observar a paisagem e vivenciar experiências únicas.

passeio1

Nesse caso, se ficássemos apenas no restaurante não conseguiríamos ver metade da beleza natural da praia. O passeio de buggy custa R$160,00 para 4 pessoas (sendo R$40,00 por pessoa) e tem duração de cerca de 1 hora, é bom destacar que esses opcionais só podem ser pagos em dinheiro. No passeio é possível visualizar o parque eólico, as dunas, falésias e pequenos oásis. O passeio é tranquilo e você nem precisa escolher entre com e sem emoção. Uma das paradas do buggy é uma cabana onde são oferecidos opcionais de tirolesa por R$15,00 e o skibunda por R$7,00. Eu, como gosto de grandes emoções, fiz a tirolesa e adorei!

P3470427

Passeio de Buggy em Canoa Quebrada.

montagem canoa

Além de algumas paradas pra tirar fotos da paisagem, e do símbolo de Canoa Quebrada, também paramos em um pequeno oásis para experimentar a “melosca”, parecida com a caipirinha, a bebida é feita com cachaça, mel de caju e limão, bem gostoso.

DSC_0115

Pequeno oásis nas dunas de Canoa Quebrada.

DSC_0109

Melosca cearense.

Outro opcional oferecido nessa praia é o passeio de jangada (R$15,00 por pessoa), ainda bastante usado por pescadores. A jangada é simples, feita de madeira e uma vela, faz um passeio de cerca de 40min pelo mar verde esmeralda. Por causa do vento o mar estava  mexido, mas foi bem tranquilo. A vista da praia é linda, tivemos um tempo para tomar banho de mar e pudemos apreciar a paisagem e o voo de “paragliders” muito comuns na região.

DSC_0140

Vista da jangada para Canoa Quebrada.

DSC_0152

Jangada em Canoa Quebrada.

Apesar da distância de Fortaleza, é possível aproveitar bem o dia e vale a pena conhecer!

FORTALEZA – DO DIA E DA NOITE

De 02 a 05 de outubro tive a oportunidade de conhecer Fortaleza em um famtour a convite da operadora New Line. Os famtours são muito comuns no turismo e são como capacitações onde os agentes de viagem conhecem não só o destino em si, mas também os parceiros envolvidos na venda do pacote, como a empresa que faz o receptivo, alguns hotéis e os atrativos da cidade.

Voamos com a GOL em voos que saíram rigorosamente no horário e nos hospedamos no Hotel Diogo, que falarei em outra oportunidade juntamente com os outros hotéis que visitamos. Fomos recepcionados pela guia Margarida da empresa Ernanitur, um dos receptivos que fazem os traslados e passeios em Fortaleza e região.

Nossa programação já foi pré-agendada pela operadora. Mas quando você viaja, seja comprando através de agência ou por conta própria, você pode optar por comprar um pacote completo (com aéreo + hotel + transfer + passeios) ou pode comprar os serviços individualmente e ficar livre para programar seus passeios através de alguma empresa, indo de táxi, ônibus circular ou alugando um carro.

Chegamos em Fortaleza no início da tarde e tínhamos o restante do dia livre até o jantar. Aproveitei para andar um pouco pela região do hotel, localizado entre as praias de Meireles e Iracema, próximo à beira-mar e rodeado por algumas opções de gastronomia, farmácias e comércio local. Depois de uma porção de camarão e uma cerveja andei até a Av. Monsenhor Tabosa, famosa pela quantidade de lojas e aproveitei pra fazer umas comprinhas (os biquínis e rasteirinhas são bem baratos, vale a pena!). À noite fizemos uma visita para conhecer o Hotel Diogo, que estávamos hospedados, e jantamos a convite deles no próprio restaurante, com um vasto cardápio de frutos do mar e pratos com base em ingredientes típicos.

IMG_2912

Praia de Meireles. Foto: Arquivo Pessoal.

IMG_2922

Jantar no Hotel Diogo. Foto: Arquivo Pessoal.

A culinária local, naturalmente, é baseada em frutos do mar com alguns peixes mais exóticos pra nós como o Peixe Pargo servido na brasa, além de camarões e caranguejo, bastante comum nos pratos. Outro ingrediente comum é a carne de sol, usada até nas tapiocas e pizzas. Falando em tapioca, eu estava morrendo de vontade de comer e pude provar de diferentes sabores, como de banana-da-terra com queijo coalho e de coco com leite condensado. As opções de bares e restaurantes em Fortaleza são bem variadas e há alternativas para cada dia da semana, como as segundas-feiras no Bar Pirata (“A 2ª feira mais louca do mundo!”), as quintas do caranguejo na Praia do Futuro e as sextas de forró, por exemplo.

A capital do Ceará é relativamente jovem, tem 288 anos, então não conta com um centro histórico muito grande, porém as casas que ainda estão em pé estão preservadas, como é o caso de um antigo presídio que hoje abriga o Centro de Turismo, onde é possível encontrar artesanato em geral e demais produtos da região. Além desse, outro ponto turístico famoso da cidade é a feirinha de artesanato na orla da Praia de Meireles, aberto diariamente das 17hrs às 23hrs, é a opção do turista depois de um dia todo de praia e passeios. Lá é possível encontrar roupas, calçados, rendas, lembranças da cidade e produtos típicos do estado, é imperdível com certeza (as mulheres que o digam!).

Centro histórico

Centro de Turismo e prédios históricos. Fotos: Arquivo Pessoal.

IMG_2975

Feirinha da Beira-Mar. Foto: Arquivo Pessoal.

Tive algumas horas livres e fui até o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Localizado na Praia de Iracema, ele tem variada programação de exposições, teatro, cinema e planetário,  mas como era dia de eleições os ambientes estavam fechados e só pude passear por fora. Caso tenha oportunidade, visite o centro, com certeza é uma boa opção para conhecer a cultura regional, mais informações no site: http://www.dragaodomar.org.br/index.php.

dragao

Dragão do Mar. Fotos: Arquivo Pessoal.

Acredito que Fortaleza é um destino onde você precisa ficar pelo menos 7 dias pra conhecer, pois  além das opções de lazer e cultura, existem lindas praias como: Lagoinha; Morro Branco; Mundaú; Águas Belas; Canoa Quebrada e Cumbuco (essas duas últimas que eu visitei), além do parque aquático Beach Park. Vale muito a pena conhecer!!!

Nos próximos posts vou contar sobre os passeios…

fort

Orla de Fortaleza e Painel no Centro de Cultura Dragão do Mar. Fotos: Arquivo Pessoal.

Foz do Iguaçu – Parte 2

Nosso 3º dia em Foz foi reservado às compras, afinal, tem como ir à fronteira com Paraguai e Argentina e não aproveitar alguns preços atrativos? Ficamos cerca de 5 horas no Paraguai, sendo que a maioria do grupo optou por ficar apenas no Shopping Americana, onde foi possível conseguir produtos com preços bem melhores que os do Brasil (e em lojas confiáveis), como por exemplo, em eletrônicos, perfumes e brinquedos.

compras

Compras no Paraguai. Foto: Arquivo Pessoal.

Retornamos ao hotel e mais tarde fomos ao Duty Free Shop em Puerto Iguazu, onde há produtos com procedência mais garantida e de marcas famosas, como MAC, L’Oréal, Tommy Helfinger, Ray Ban entre outros, além de bebidas com preços mais vantajosos do que no Brasil. Após a parada de 1h30min, partimos para jantar no restaurante El Quincho del Tío Querido, famoso em Puerto Iguazu e onde pudemos degustar do bife de chorizo, regado de vinho argentino e ao som de músicas locais.

No dia do nosso retorno pudemos visitar o lado argentino das cataratas, já que nosso voo era só as 19h30. O Parque Nacional del Iguazu está situado no outro lado, onde é possível visualizar uma área muito maior das cataratas, e ao menos na minha opinião, é o lado mais bonito e completo. Infelizmente não pudemos chegar até a Garganta do Diabo, pois as passarelas foram destruídas pelas fortes chuvas do inverno desse ano.

cataratas

Aproveitando o aniversário do marido nas Cataratas Argentinas. Foto: Arquivo Pessoal.

A caminhada é ainda mais intensa nesse lado. Para as pessoas com alguma dificuldade de locomoção, o parque oferece um carrinho que leva a alguns pontos, mas infelizmente não a todos pois só tem acesso a pé pelas passarelas suspensas acima das correntezas e da mata. Acho que apenas as fotos conseguem descrever um pouco da imensa beleza que pudemos presenciar!

montagem blog catarg

Cataratas Argentinas. Foto: Arquivo Pessoal.

Os ingressos para o lado argentino custam ARS150,00 o que dá cerca de R$30,00 por pessoa. Pra quem gosta de aventura, o lado argentino também oferece alguns passeios a parte, como o Sendero Macuco, semelhante ao lado brasileiro, que estava custando ARS450,00, cerca de R$90,00 (mais barato que no lado brasileiro). Mais informações: http://www.iguazuargentina.com/.

Viajar é sempre um aprendizado, seja em grupo, sozinho ou com a família, há sempre uma forma de aproveitar as experiências e guardá-las para o resto da vida. Nossa experiência foi maravilhosa e espero que todos tenham se divertido muito!

Dicas importantes ao visitar Foz do Iguaçu:

– Certifique-se de que seu RG esteja com no máximo 10 anos de emissão, pois o documento é solicitado na aduana da Argentina e do Paraguai, ou que tenha passaporte válido. A CNH é aceita em alguns casos, mas é melhor prevenir né?

– Não esqueça protetor solar e repelente! Os passeios são ao ar livre e muito próximos à natureza;

– Vista roupas e calçados confortáveis.

– Leve uma troca de roupa para ambos os parques caso pretenda chegar bem próximo às quedas, po compre capa de chuva, principalmente para as crianças.

– Os pacotes dos receptivos locais são ótimos pra otimizar tempo e conhecer muitos lugares em um só dia, mas caso tenha tempo e queira aproveitar mais os parques, pegue um ônibus, táxi ou alugue um carro;

– Em relação ao dinheiro, lembre-se de liberar com seu banco o cartão de crédito internacional caso queira comprar na Argentina ou Paraguai (lembrando do IOF de 6,38%). Pesos argentinos você pode comprar em Foz mesmo com uma taxa atrativa (quando fomos estava 0,20), já que é necessário para pagar o ingresso do lado argentino. Para compras no Paraguai, você pode pagar com reais (mas na taxa de cada loja, quando formos estava cerca de 2,50) ou com dólar que em alguns casos vale mais a pena.

Foz do Iguaçu – Parte 1

Foz do Iguaçu é um dos destinos imperdíveis do Brasil, ao menos na relação CustoXBenefícioXBeleza. Tive a oportunidade de conhecer Foz a trabalho, visitando o Festival das Cataratas e fazendo algumas visitas rápidas nas Cataratas no lado brasileiro, no Parque das Aves e em Itaipu, e sempre quis retornar.

As várias opções de voos diretos, ao menos saindo de Curitiba (meu aeroporto de origem) e com bons preços, trazem facilidade e praticidade para nós, o que permite uma viagem de poucos dias. Aproveitando essa condição e o feriado em São Bento do Sul (23/09 é o aniversário da cidade), coloquei em ação a ideia de voltar à essa maravilha do mundo.

Busquei montar um pacote onde o grupo pudesse aproveitar da melhor maneira possível as opções de Foz e região partindo em um voo da GOL no sábado às 09h56 de Curitiba e retornando no dia 23/09 às 19h30. Porém, não contava com um cancelamento da GOL onde fomos reacomodados em um voo as 17h50. Paciência né? Tivemos que alterar o roteiro e “enxugar” um pouco nossas horas de passeio, mas nada que nos impedisse de aproveitar a cidade.

Voo no horário previsto e chegada ao nosso hotel, o Dany, por volta de 19h30. O Hotel Dany foi uma indicação da operadora que montou nosso pacote, a MGM Operadora, que pelos comentários (costumamos usar o TripAdvisor nos baseando em comentários de quem já visitou o hotel), pareceu ser uma boa opção. O Hotel é simples e foi reformado recentemente. Tem uma ótima localização, no centro da cidade, onde é possível caminhar até opções de restaurantes e comércio local. Apesar de não ter opções de lazer, como piscina, o que recomendo pra quem pretende ficar mais de 3 dias, foi uma boa opção para dormir, tomar um banho e aproveitar o café da manhã.

O dia seguinte nos aguardava com um céu azul e sol brilhando nos empolgando a iniciar um dia repleto de passeios! A empresa de receptivo que organizou nossos passeios foi o Brasil das Águas e iniciamos com uma visita à Usina Hidrelétrica de Itaipu – a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta. Fizemos a visita externa com nosso próprio ônibus, parando para algumas fotos da barragem apesar de as comportas estarem fechadas, e no final foi mostrado um vídeo institucional sobre a Usina. O passeio dura cerca de 2 horas e vale a visita pela importância energética que este tem para o Brasil. O ingresso da Visita Panorâmica custa R$26,00, sendo meia para crianças de 7 a 12 anos, estudantes, professores, idosos e doadores regulares de sangue. Quer saber mais? Acesse os sites: http://www.itaipu.gov.br/ e https://www.turismoitaipu.com.br/.

Usina de Itaipu - Foto: Arquivo Pessoal.

Usina de Itaipu – Foto: Arquivo Pessoal.

Nossa próxima parada foi no Parque Nacional do Iguaçu, as Cataratas Brasileiras, que é dirigido pelo Instituto Chico Mendes e foi intitulado como sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO. O parque tem uma estrutura muito bonita e bem cuidada, com um centro de visitação onde está a bilheteria e opções de souvenirs, sanitários, passeios, e demais serviços. Além disso, as trilhas e passarelas que levam aos mirantes e aos pés das cataratas têm ótima estrutura. Os ingressos custam R$29,20 para brasileiros (o dobro para estrangeiros) e tem preços diferenciados para moradores dos países do Mercosul, além de que crianças e idosos só pagam R$7,90. Mais informações: https://www.cataratasdoiguacu.com.br/.

A caminhada até as quedas principais é longa e cheia de escadas, por isso não é recomendada para idosos ou pessoas que tenham alguma dificuldade de locomoção, sendo que uma alternativa é ir de ônibus até o local onde estão as lanchonetes e o restaurante Porto Canoas (ótima opção para o almoço) e descer com o elevador até os pés das Cataratas. Independente de como você chega lá, a vazão das águas é impressionante e a paisagem é maravilhosa, e nos renderam ótimas recordações. Eu gostaria de ter feito o Macuco Safari, passeio de bote mais aventureiro que vai até embaixo das cataratas. Mas como estávamos em grupo e com horário apertado, ficou para uma próxima vez.

montagem blog catbra

Cataratas Brasileiras. Foto: Arquivo Pessoal.

Por fim, passamos o restante da tarde no Parque das Aves. O santuário é parecido com um zoológico, mas o contato com a natureza ao seu redor é muito maior. É possível entrar no recinto de algumas aves e chegar muito perto de tucanos, araras e outros animais da nossa fauna. Vale muito a pena, principalmente com as crianças, que hoje em dia não têm muita oportunidade de conviver com os animais. Nosso ingresso estava incluso no passeio, mas separadamente custa R$20,00 por pessoa. Entre no site e veja um pouco dessa linda atração http://www.parquedasaves.com.br/.

Acompanhe o restante no próximo post!

parque

Parque das Aves. Foto: Arquivo Pessoal.